O quarto clipe da campanha Sons da Conquista, da CAIXA, homenageando um atleta olímpico, entra no ar nesta sexta-feira, 01. Agora chegou a vez dos brasileiros conferirem as riquezas do Norte e do Nordeste do país. Dessa vez, o atleta homenageado é o paraense Alan Fonteles, campeão paraolímpico e mundial de atletismo. A música vem entoada na voz do cearense RAPadura.

Em “Ninguém me Para”, Alan tem sua vida de desafios e superação narrada pelo músico da nova cena do rap brasileiro, conhecido por exaltar as regiões Norte e Nordeste em suas composições. Cheia de ritmo e regionalismo, a música é uma combinação entre a história de Alan e as rimas de RAPadura, que canta no melhor estilo “embolada”, onde os versos se transformam em repentes acelerados. O grupo vocal Caixeiras do Divino faz uma participação especial no refrão, enriquecendo ainda mais a obra. “Ninguém me para!/ Cortando os ventos e os quatro cantos./ Pela conquista de novos sonhos./ Correndo ao infinito para além do sol eu vou...”.

O filme começa a ser veiculado nos canais de TV aberta e a cabo (Record News, ESPN, Sport TV, Globo News, Fox Sports). Mas pode ser assistido também no meio digital. No site caixa.gov.br/conquistas é possível assistir todas as versões do filme, assistir o clipe, o making of e baixar a música. E no Spotify, a partir do dia 4, poderá ser encontrada uma playlist inspirada no que Alan Fonteles gosta de ouvir. Clique aqui para assistir "Ninguém me para".

Campeão

Amputado das duas pernas abaixo do joelho desde os 21 dias de vida, Alan, ainda criança, desenvolveu a habilidade de correr com próteses, e hoje se destaca como um dos principais paratletas brasileiros em provas de velocidade.

Ganhou fama nos Jogos de Londres, ao superar Oscar Pistorius e levar o ouro dos 200m da classe T44 (para biamputados das pernas). Viveu o auge de sua carreira em 2013, conquistando três títulos no Mundial de Lyon. E no ano passado retomou a carreira. Conquistou uma prata e um bronze no Mundial de Doha. Este ano, é uma das promessas de pódio no Rio.

Como os demais atletas homenageados pela campanha “Sons da Conquista”, Alan Fonteles também foi retratado em grafite do artista Valdi Valdi, no Rio de Janeiro. Sua figura está estampada em um muro da Rua Manuel Marquês, estrategicamente de frente para uma das maiores e mais populares áreas de lazer carioca, o Parque Madureira. Fotografada, a imagem pintada no muro foi transformada em anúncio.

Sons que consquistaram

Com pouco mais de dois meses de veiculação, “Sons da Conquista” impactou 105 milhões de pessoas nas redes sociais, portais e sites. Só o hotsite da campanha obteve mais de 1 milhão de acessos. E as audições dos raps no Spotify crescem dia a dia:

- “Conquistas” (Edi Rock) soma 4,1mil

- “5F’s” (Fernando Fernandes/Projota), 8,5 mil

- “O Gigante” (Zanetti/Rashid), 7,7 mil

- “Tô na Luta” (Joice Silva/Karol Conká), 7,6 mil

“Sons da Conquista” é uma campanha criada pela Nova/SB, produzida por Nave Beats e Sonido, responsável por toda a parte de áudio do projeto, e pela Piloto.Tv, que tem a missão de animar as histórias que estão sendo cantadas em clipes para TV e Internet.

Filme

Rádio

OUTRAS CAMPANHAS DESTE CLIENTE